Ouça a Latina Brasil! Estamos ao vivo 24h por dia.

Nesta sexta-feira (22), Danny Ocean disponibilizou seu primeiro álbum de estúdio, 54+1. Que tal ir escutando as faixas enquanto lê sobre o processo do disco?

Em meados de março, o venezuelano começou a divulgar uma faixa do disco por dia em seu canal do YouTube e nas plataformas digitais. Ao todo, foram nove faixas: Cuando Me Acerco A Ti, Babylon Girl, Tel Aviv, Gime, Kizombita Para Ti, Muerdago, Tuyo Mia, Báilame e, por último, Veneno.

54+1 faz referência a uma fase de Danny Ocean. O álbum foi todo escrito por ele, no apartamento de número 54 na Venezuela. O “+1” é por conta da faixa bônus, a já conhecida Swing.

O disco chega depois de um pouco mais de dois anos do sucesso Me Rehúso (regravado posteriormente em inglês como Baby I Won’t).

Depois do sucesso da canção, Danny Ocean poderia ter emendado diversos outros singles para continuar “em alta”, mas não foi o que fez. “Eu gosto de ser conciso. Para ser conciso você não precisa estar falando o tempo todo. Eu sou uma pessoa muito reservada”, revelou. É certo que Me Rehúso fez com que o artista bombasse ainda mais nas redes sociais. Sozinho, possui quase 800 milhões de streams no Spotify.

“Eu gosto de ser conciso. Para ser conciso você não precisa estar falando o tempo todo. Eu sou uma pessoa muito reservada”, revelou. É certo que Me Rehúso fez com que o artista bombasse ainda mais nas redes sociais. Sozinho, possui quase 800 milhões de streams no Spotify.

Formado como designer gráfico, o cantor não deixou o diploma de lado na hora de se dedicar a música – e ao álbum, nesse caso. Cada faixa do 54+1 possui uma arte única como capa.

Ocean explicou que gosta de pensar nas cores de cada criação e transpassar para essas cover arts. Cada canção tem um tom e desenho diferentes, embora a estética seja a mesma em todas.

“Esse é meu caminho. Tento aterrar as melodias, harmonias e produção à cor que a música me leva. Às vezes, são cenários. Outras, são apenas histórias que construo na minha cabeça”, revelou.

Danny Ocean também comentou por quê levou dois anos entre seu mega sucesso e o novo álbum. “Por que não [levar dois anos]? No final, música é música. Gosto de transmiti-las e eu queria que as pessoas, pouco a pouco, enxergassem minha maneira de ver o mundo… Minha mensagem como artista. E entendessem o conceito do álbum, o fato de que faço tudo sozinho”, explicou.

“Tudo” não se limita às letras e vozes, mas também as batidas e instrumentos de cada canção. Ele revelou que algumas músicas levaram cerca de 30 minutos para ficarem prontas; outras levaram dias.

Danny Ocean é compositor e produtor bilíngue, além de cantor. Viveu a maior parte de sua infância na ilha de São Vicente e Granadinas, uma ilha caribenha. Também morou na República da Namíbia, no sudeste da África. Esses lugares influenciaram muito o estilo musical do artista, que passa pelo gênero urbano com misturas de hip hop, R&B e reggaetón.

Durante a adolescência, o músico compôs e produziu para alguns artistas locais de hip hop, mas logo resolveu trabalhar para a própria carreira. Depois que se formou na faculdade, Danny Ocean optou por deixar a Venezuela por conta da crise política, social e econômica. Mudou-se para Miami, deixando família, amigos e amor para trás – inclusive, amor que foi a razão do sucesso Me Rehúso.

Compartilhe:

0 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.