Ouça a Latina Brasil! Estamos ao vivo 24h por dia.

Nesta sexta-feira (04), um dos maiores DJs de funk do país chega com clipe novo. DJ Zullu está prestes a estrear o vídeo do primeiro single internacional, intitulado Sacanagem, com o argentino Khea e o angolano Preto Show.

Enquanto Khea se destaca pelo trap e rap na Argentina, como na colaboração com Tini em Ella Dice, Preto Show domina o cenário pop angolano. DJ Zullu, por sua vez, acumula mais de 12 milhões de visualizações nos vídeos no YouTube e mais de meio milhão de ouvintes mensais no Spotify. O single Não vou Embora, parceria com Anitta e MC G15, é um bom exemplo do sucesso: 23 milhões de streams desde o lançamento.

Composta pelo próprio cantor, Umberto Tavares e Jefferson Junior, Sacanagem chegou na semana passada e o clipe está logo aí. Apostando em uma estética de videogame onde os artistas são transformados em avatares, eles se ‘encontram’ nas ruas e bailes do Rio de Janeiro.

“Estou muito feliz em lançar o meu primeiro trabalho internacional e muito empolgado com o resultado do videoclipe”, disse Zullu. “Já que, infelizmente neste momento de pandemia eu, Khea e Preto Show não podemos estar juntos, achamos que fazer um clipe em animação e com nossos avatares seria a solução mais apropriada e divertida também. Espero que todos curtam tanto quanto a gente!”, finaliza.

A responsável por essa tecnologia é a empresa californiana DNABLOCK, que criou a plataforma de avatar fotorrealista mais avançada do mundo, chamada REPLIKANT™ .

O mecanismo de animação permite desenvolver avatares sob medida e de alta qualidade, sem custos proibitivos de pós-produção ou conhecimento especializado de programação 3D. A plataforma está acessível a qualquer profissional em um modelo de software como serviços (SaaS) como já ocorre com outras ferramentas gráficas. 

Você também pode curtir:
‘Bichota’, de Karol G, estreia na Hot 100
Sebastián Yatra protagonizará série musical da Netflix
Reik e Christian Nodal se unem para duas versões de ‘Poco’

“A parceria com o DJ Zullu surgiu por meio do escritório que gerencia a carreira dele no Brasil, a Central Sonora”, conta Marcello Capotorto DeMello, cofundador da DNABLOCK. “Fazer este clipe a distância foi um desafio, pois precisávamos coordenar três fusos: a matriz na Califórnia, o Brasil e a filial de Londres que cuida do Brasil. Também tínhamos Zullu no Brasil, Khea na Argentina e o Preto Show em Angola”.

“Foi desafiador por causa dos fusos e ao mesmo tempo super enriquecedor, pois foram essas diferenças culturais que enriqueceram o clipe, juntando diferentes ideias, perspectivas e sugestões. Colocar tudo junto não foi fácil, mas o resultado foi incrível, trazendo uma estética super moderna para o clipe, como um video game. Quase dá vontade de jogar!”, completa.

Ficou curioso? Confira o teaser exclusivo de toda a produção tecnológica de Sacanagem, de DJ Zullu ft. Khea & Preto Show, que chega nessa sexta-feira (04):

A Central Sonora é a responsável pela gestão de carreira de Zullu.

Compartilhe:

3 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.