Ouça a Latina Brasil! Estamos ao vivo 24h por dia.

Há mais de três semanas o Brasil respira com dificuldade – no sentido literal. A floresta amazônica está sendo queimada há cerca de 19 dias e, aos poucos, artistas internacionais ficaram sabendo do desastre. Realmente, nessa época do ano, florestas e regiões secas do Brasil costumam sofrer diversas queimadas, mas nunca em uma escala tão grande quanto este ano (o INPE divulgou que as queimadas cresceram 70% em relação a 2018).

No Twitter, a hashtag #PrayforAmazonas está nos Trendig Topics mundiais há dois dias. Diversos artistas brasileiros, como Elza Soares, e internacionais, como Demi Lovato, expressaram sentimentos e indignação com o desastre. Anitta compartilhou um texto da amiga e ativista pela causa animal Luisa Mell, que criticou o governo e grande parte da população por “não se importarem”.

Natti Natasha, por sua vez, também demonstrou sua indignação. “A floresta mais importante do mundo, a Amazônia, está queimando por três semanas. Ela dá 20% do oxigênio no mundo. Por favor, salve nossa terra”. “Temos que nos unir em orações e ter a consciência do que está passando no Brasil. Elevem a voz, que a mídia e o meio artístico também façam eco sobre o que está acontecendo”.

J Balvin, Greeicy, Toya Montoya e mais também estão entre os artistas que, recentemente, se manifestaram. Veja abaixo.

Vale lembrar que a fumaça das queimadas está se espalhando não só pelo Brasil, mas para outros países também. Um corredor de fumaça proveniente desta queimada da Amazônia tem se alastrado pelos países vizinhos, como Argentina, Bolívia, Peru e Uruguai.

imagem
Ver essa foto no Instagram

#Repost @toyamontoya with @get_repost ・・・ SI ESTO ESTÁ PASANDO ! SI ES ATERRADOR – A todos los interesados, abrumados que quieren enterarse cómo ayudar que se puede hacer que mitigue, que regenere, acá va una lista de gente muy seria con mucha experiencia en la conservación Amazónica- contactarlos, apoyarlos informarnos. Que no se quede esto en un post, en un instastory o en un😱 Estas son las ong en Colombia: WWF, The Nature Conservancy, Conservación Internacional, Fundacion Tropenbos, Amazon Conservation Team, Gaia Amazonas, Fundacion Puerto Rastrojo, Wildlife Conservation Society (WCS), Fundacion para la Conservacion y el Desarrollo Sostenible, Fundacion Natura, Etnollano en el Area del cooredor AAA: Instituto Socioambiental (Brasil), Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Brasil), Fundacion Gaia (COLOMBIA), ECOCIENCIA (Ecuador), Naturaleza y Cultura (Ecuador), Wataniba (Venezuela), Instituto del Bien Comun (Peru), Sociedad Peruana de Derecho Ambiental (Peru), Guyana Society for Biodiversity and Ecosystems (Guyana) @gaiaamazonas @margomezsoto @carocarohv @habitat.sur @quiasma #repost @organizmo_design_build

Uma publicação compartilhada por J Balvin (@jbalvin) em

Ver essa foto no Instagram

#repost @toyamontoya ・・・ SI ESTO ESTÁ PASANDO ! SI ES ATERRADOR – A todos los interesados, abrumados que quieren enterarse cómo ayudar que se puede hacer que mitigue, que regenere, acá va una lista de gente muy seria con mucha experiencia en la conservación Amazónica- contactarlos, apoyarlos informarnos. Que no se quede esto en un post, en un instastory o en un😱 Estas son las ong en Colombia: WWF, The Nature Conservancy, Conservación Internacional, Fundacion Tropenbos, Amazon Conservation Team, Gaia Amazonas, Fundacion Puerto Rastrojo, Wildlife Conservation Society (WCS), Fundacion para la Conservacion y el Desarrollo Sostenible, Fundacion Natura, Etnollano en el Area del cooredor AAA: Instituto Socioambiental (Brasil), Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Brasil), Fundacion Gaia (COLOMBIA), ECOCIENCIA (Ecuador), Naturaleza y Cultura (Ecuador), Wataniba (Venezuela), Instituto del Bien Comun (Peru), Sociedad Peruana de Derecho Ambiental (Peru), Guyana Society for Biodiversity and Ecosystems (Guyana) @gaiaamazonas @margomezsoto @carocarohv @habitat.sur @quiasma #repost @organizmo_design_build

Uma publicação compartilhada por Greeicy (@greeicy1) em

Compartilhe:

0 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.