Ouça a Latina Brasil! Estamos ao vivo 24h por dia.

Alba Reche está naquela posição onde admira a obra mas nem tanto o criador. Nessa sexta-feira (04), a cantora espanhola compartilhou sua própria versão de uma de suas canções favoritas, Morena Mía, de Miguel Bosé.

“Essa música não é minha, mas adoraria que fosse. É uma daquelas canções que te incomoda por você não ter escrito, mas me incomoda ainda mais quem a escreveu”, disse recentemente em um dos seus shows.

Você também pode gostar:
Danna Paola canta Tini, J Balvin, Lady Gaga e mais
Relación Remix: confira a união de Sech, Daddy Yankee, J Balvin, Rosalía e Farruko
High Remix: Maria Becerra, Tini e Lola Índigo brilham na nova versão

Acontece que Miguel Bosé, muito querido por diversas gerações, foi criticado pelo negacionismo ao Coronavírus, mesmo que a própria mãe do cantor, Lucía Bosé, tenha falecido por conta do vírus. Minimizando a realidade, o panamenho usou as redes sociais para dizer que a pandemia é uma grande “mentira dos governos” e até acusou Bill Gates de querer implantar microchips nas vacinas para obter informações pessoais. Além disso, também expressou o apoio ao movimento contra o uso de máscaras na Espanha e teve sua conta no Twitter bloqueada. Mais tarde, Bosé voltou atrás dizendo que a pandemia é sim uma realidade “devastadora”, mas que é preciso prestar atenção nas informações da mídia.

Alba Reche está trabalhando no próximo álbum enquanto realiza os shows da Quimera Tour pela Espanha – que já está com concertos liberados com medidas de segurança. Morena Mía é uma das canções que ela fez questão de colocar no repertório da turnê e por isso quis gravar sua própria versão.“Tinha muita vontade de ter essa música gravada para me lembrar de que podemos tocá-la apesar de tudo”, escreveu nas redes sociais.

A versão de Alba traz alguns elementos um pouco mais modernos, mas ainda respeita a versão original. Você pode compará-las a seguir:

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.